Expressões populares cearenses

Agonia é aperreio ou gastura.
Amigo mais íntimo é macho véi!

Bravo! Bravo! é iu!, iu!

Caba sem dinheiro é liso.
Catinga de suor é inhaca.
Chicote se chama pêia.
Coitado é ô u póbi!
Confusão é rolo.
Correr atrás de alguém é dar uma carreira.

Dar a volta é arrodeio.
Desarrumado é malamanhado.
Dinheiro é bufunfa.
Distraído é ariado.

E então é intão-se.
E o medroso chama frouxo.
Espera aí é peraí.
Está torto é tá tronxo.
Estouro se chama pipôco.

Fofoca é resenha.
Fraco da cabeça é abestado!

Garota bonita é só o filé!
Gases se chamam bufa (peido).
Gay é viado que é também baitola.
Gente complicada é nó cego.
Gente insistente é pegajosa.

Homem é macho!
Homem feio é malacabado.
Homem feio é Oh! Bicho véi fei!

Improviso é gambiarra (macaco).

Levar uma surra é levar uma pêia (apanhar).

Mancha de pancada é roncha.
Mulher amiga é muié!
Mulher feia é Oh! Minina biíta!
Mulher feia é tribufú.
Música feia é um agôro.

O bobo se chama bocó.
O desatento é lesado.

Palhaçada é mungango (boneco).
Paquerar é se inxerir.
Passear é bater perna.
Pernilongo é muriçoca.
Pessoa triste é borocoxô.
Pois não é estou as ordens.

Quem é brincalhão é fulêro.
Quem entra sem licença emburaca de cabeça.
Quem tem sorte é cagado.

Rir dos outros é mangar.

Se é alto é galalau.
Se é franzino é xôxo.
Se é longe é o fim do mundo.
Se é miúdo é pirrototinho.
Se é pequeno é cotôco.
Se tá folgado tá folóte.
Sinal de espanto é êita!
Sujeira de olho é remela.

Travessura é presepada.
Tudo que é bom é massa.
Tudo que é ruim é péba.

Vai sair diz vou chegar.

Veja também as Expressões Populares Cearenses II!

Comentários estão fechados